Mercados

Com mais de 43 anos de atividade é natural que tanto os negócios como os mercados da Extrusal sofressem alterações para uma maior adaptabilidade às evoluções sentidas no seu ambiente externo.

Até há alguns anos, a Arquitetura representava aproximadamente 70% do volume de vendas anuais enquanto a Indústria detinha uma pequena parcela da atividade, ou seja, os restantes 30%. A maioria das vendas dos sistemas para a construção era comercializada através de empresas comerciais que foram sendo criadas em todo o território português. Relativamente aos perfis destinados à Indústria, a maioria das exportações era e continua a ser o mercado Europeu.

Hoje, e após a criação do laboratório de extrusão (1999), da obtenção das certificações de Qualidade e Ambiente, da criação do Departamento Comercial Internacional (2004) e de empresas comerciais nos PALOP (Hexalmar – Cabo Verde 2003, Aluexal – Angola 2005, Extrusal Moçambique – Moçambique 2009), a Indústria representa cerca de 68% do volume de vendas da Extrusal, e as exportações diretas 50% do volume de produção.

No que diz respeito às exportações diretas, as dos sectores de caixilharia dirigem-se sobretudo para os PALOP, e as de Indústria para a Europa, havendo uma grande diversidade de subsectores industriais de exportação, diversos clientes por sector e vários países de destino para atenuar crises sectoriais ou situações de maior dificuldade num cliente em particular.