Responsabilidade Social Corporativa o voluntariado obrigatório dos tempos atuais

31 de Março, 2021

Vivemos um momento único e difícil pautado pela imposição de regras e proibições comportamentais que afetam toda a sociedade a nível mundial. Uma nova forma de viver que dura há já mais de 1 ano e que deixará sequelas em toda a sociedade mundial.


O ser humano foi obrigado a reinventar-se a todos os níveis. Do simples “bom dia” ao arrumar do calçado a chegar a casa, isto, se tiver a oportunidade de sair, todos os gestos e ações foram abalroados.


Apesar dos cuidados que devemos ter em relação ao coronavírus, a vida embora diferente, continua. O mundo está a habituar-se a uma nova forma de viver o dia-a-dia. “É neste contexto que entra o papel das organizações enquanto impulsionadoras e motivadoras dos seus públicos.” defende João Madail, diretor de Marketing e Comercial da Extrusal. “Estamos por um lado, rodeados de proibições, e por outro, de obrigações. Sentimo-nos mais oprimidos, reticentes e menos sorridentes. A Responsabilidade Social Corporativa nunca foi tão importante como o é agora!” remata ainda. Esta tem sido uma forte aposta do Grupo Extrusal, reforçada já no início de 2021 com algumas iniciativas sociais implementadas. “Adotar iniciativas, de forma voluntária, nas quais são adotadas posturas, comportamentos e ações que promovam o bem-estar dos seus públicos interno e externos é um “voluntariado obrigatório” que deve ser implementado pelas organizações” reforça João Madail.


Na Extrusal, o início de 2021 foi marcado pelo lançamento da campanha “Menos plástico, mais alumínio”, através da qual todos os colaboradores do Grupo e alguns stakeholders foram incentivados, pela entrega de garrafas reutilizáveis, a utilizar materiais infinitamente recicláveis para um mundo mais sustentável. Foi ainda comemorado o Dia Internacional do Obrigado no qual foi reforçado, pela Administração do Grupo, o agradecimento a todos os colaboradores pela sua dedicação.


O mês de março foi assinalado por outras duas outras ações internas para reforçar o envolvimento com a comunidade interna: Dia Internacional da Mulher e o Dia do Pai. Duas ações distintas, que envolveram públicos com personalidades diferentes, mas que foram gratificantes pela aceitação e envolvimento das pessoas. “Este é sem dúvida o caminho a ser seguido.” Sublinha João Madail, “São nos detalhes que fazemos a diferença. A preocupação e o cuidar, deve começar internamente. É a nossa responsabilidade cuidar dos nossos, e será essa a postura que a Extrusal continuará a adotar no futuro. Se queremos que as pessoas adotem posturas e comportamentos, é crucial conhecer e saber o que as motiva e o que valorizam. Somente assim, conseguiremos enquadrar a mensagem a cada realidade e levar “a água ao nosso moinho”. Temos de nos envolver com a comunidade.” conclui.


A Extrusal prevê um ano com várias iniciativas e ações internas para uma maior proximidade com a sua comunidade interna e externa.


Voltar à listagem